beylikduzu escort

istanbul escort

porno izle

porno indir

porno seyret

avcilar escort

Prefeitura de Pacaraima

Notícias

MANIFESTO

Publicado em: 11/02/2020
Departamento de Tecnologia da Informação — Foto:

Departamento de Tecnologia da Informação — Foto:

Depois dos atos brutais de violências sexual, física e moral cometidos por um imigrante contra uma estudante adolescente na última sexta-feira, 07/02, na cidade de Pacaraima, a população local realiza desde essa data, manifestações pacíficas com o intuito de chamar a atenção das autoridades federais e estaduais para a realização de uma Audiência Pública para tratar dos assuntos Segurança Pública e outras demandas pertinentes a situação calamitosa pela qual passam os munícipes.

E tendo em vista a atuação da Polícia Rodoviária Federal PRF neste domingo, 09/02, que agiu contra a população de forma truculenta para acabar com a manifestação pacífica utilizando bombas de efeito moral, gás de pimenta e balas de borrachas contra a população.

O Gestor Municipal, Juliano Torquato, vem a público manifestar seu repúdio. O mesmo foi atingindo por tiros de balas de borrachas. Pois já não é de hoje que a sua presença se faz presente como intermediador entre a população e as demais autoridades civis e militares.

Desde meados de 2014, período em que se intensificava o fluxo migratório, ele na qualificação de empresário local já lutava por melhores condições para a classe empresarial, bem como para a população em geral. No entanto, cabe relembrar a todos, que a gestão da problemática encontrada com a crise migratória é PRIMEIRAMENTE de responsabilidade da esfera FEDERAL, por conseguinte do GOVERNO DO ESTADO DE RORAIMA e em última instância, de competência da prefeitura.

Ainda assim, o prefeito foi o primeiro a apresentar um Plano de Contingência para o fluxo que se mostrava cada vez mais intenso. E a sugerir que somente a união das esferas Federal, Estadual e Municipal poderiam solver tal problemática.

Sendo assim se iniciou a Operação Acolhida, sendo esta primeiramente intermediada pela prefeitura de Pacaraima junto a órgãos internacionais, ONG’s e por fim com as demais esferas do poder público. No entanto, por não ser de sua competência a gestão primária desta problemática, a prefeitura se voltou para os temas de sua responsabilidade como representante do povo pacaraimense.

Hoje, o prefeito se faz presente junto à população nesta manifestação, não por fins unicamente políticos, mas porque sempre foi de sua natureza estar junto à população nos momentos mais decisivos da História recente do munícipio.

É sua reclamada ausência que lhe permitiu realizar importantes negociações junto ao Governo Federal (através de emendas parlamentares e verbas oriundas dos senadores de Roraima), para reconstruir a cidade de Pacaraima e comunidades indígenas do município.

Não nega a prefeitura, nem a pessoa do prefeito, que ainda tem muito a ser realizado em prol deste amado município. Mas não podemos fechar os olhos antes aos muitos benefícios já alcançados e as melhorias realizadas, basta lembrar as multas que a prefeitura teve que pagar por falhas administrativas passadas, por exemplo.

Contudo nossa solicitação como representante do poder municipal se dirige novamente aos nossos representantes acima de nós, para que assumam juntamente conosco, as responsabilidades que lhes competem, uma vez que legitimamente eleitos, como foi o nosso representante municipal.

Aos que sempre nos apoiaram, como o Senador Mecias de Jesus, o Deputado Federal Jhonatan de Jesus e nosso Governador Antonio Denarium, entre outros, nosso muito obrigado. Mas ainda muito pode ser feito por este município e para tanto uma vez mais os convidamos ouvir o povo, o poder que do povo emana, para que a nossa voz não seja mais uma vez silenciada pela violência, pelo descaso e pelo esquecimento.